Thaeme revela a causa de seu forte enjoo na gravidez: ‘não era normal’

A cantora Thaeme Mariôto já está no segundo trimestre de gestação, mas continuava sofrendo com os enjoos

A cantora Thaeme Mariôto finalmente descobriu o que estava causando seus fortíssimos enjoos no segundo trimestre de gestação. Ela espera uma menina que se chamará Liz e desde o início da gravidez está enjoando e vomitando muito.

Sentir enjoos no primeiro trimestre da gravidez é normal. Porém, caso estes enjoos sejam muito intensos, ao ponto da mulher vomitar constantemente, e/ou se durarem por um período maior do que o primeiro trimestre, é importante falar com seu médico sobre assunto.

No caso da cantora, ela descobriu que a causa de seus enjoos constantes era um xarope de ferro manipulado que ela estava ingerindo. “Descobri o que estava me dando enjoo, cada organismo reage de uma maneira, mas no meu caso o que estava dando enjoo realmente era um xarope de ferro manipulado que eu estava tomando. Todas as vezes eu tomava esse bendito desse xarope voltava tudo. Porque não era normal eu estar enjoando tanto com 20 e poucas semanas. Complicado”, contou a futura mamãe da Liz.

Ela então continuou e afirmou: “Parei de tomar o xarope e pedi para manipular em cápsulas. Eu parei de tomar, parei de enjoar. Pedi para manipular em capsulas, porque não posso ficar sem. A absorção é menor em capsulas, segundo minha nutricionista, então minha única saída é comer mais alimentos ricos em ferro”.

O ferro é um mineral muito importante na gravidez e, entre seus muitos benefícios, contribui para o desenvolvimento do cérebro do bebê. Geralmente a orientação é ingerir suplementos de ferro a partir da 14ª semana de gestação e continuar até o primeiro mês da amamentação. Contudo, é importante conversar com seu médico para saber qual é a orientação dele sobre a ingestão do suplemento de ferro.

Thaeme conta como a gravidez está lhe deixando esquecida

A cantora também revelou que está sofrendo com algo muito comum entre as gestantes: a falta de memória! “Fiz a maquiagem no avião, esqueci o blush, esqueci o pó, gente grávida fica tão esquecida, quando me falavam eu não acreditava, mas eu…mega esquecida!”, relatou ela.

Existem diversas possíveis explicações para a falta de memória na gestação. “Ainda há muitas controvérsias em relação ao efeito da gestação na memória da mulher. Alguns trabalhos colocam os efeitos dos hormônios como causa principal desses lapsos de memória, porém um trabalho realizado na Austrália e publicado em uma importante revista de psiquiatria mostrou que a memória da mulher não é afetada pela gestação e coloca que os trabalhos anteriores não faziam a correlação entre o período antes da mulher engravidar e durante o período gestacional para realmente ver se havia alguma diferença. O que foi comprovado nesse trabalho é a maior lentidão da resolução de problemas, como se o cérebro trabalhasse com menor velocidade”, explica o ginecologista e obstetra Jurandir Passos do Lavoisier Medicina Diagnóstica.

Os lapsos de memória também podem acontecer devido às distrações e preocupações comuns ao período gestacional. “Isto é, a mulher está com preocupações e ansiedade em relação à evolução da gestação e essa preocupação tiraria o foco do que está realizando e com isso acaba tendo lapsos de memória”, diz Jurandir Passos.

Thaeme revela a causa de seu forte enjoo na gravidez: ‘não era normal’
Gostou desse artigo?

Recomendados Para Você: