Slime caseira pode ser altamente perigosa, segundo especialistas

O slime tem feito um enorme sucesso entre a criançada do Brasil e do mundo. Ela é um tipo de uma meleca que se compra em lojas de brinquedo ou ainda podem ser feitas em casa.

Só que um estudo realizado pela Which, uma organização britânica especializada em assuntos do direito do consumidor e também de testes de produtos, tem alertado aos pais sobre um ingrediente muito perigoso que compõe o produto caseiro.

O ingrediente que tem gerado preocupação é o bórax ou borato de sódio, utilizado para a fabricação do brinquedo. O ingrediente apresenta um resultado final bem melhor do que o alternativo bicarbonato de sódio.

Na pesquisa realizada pela Which, os especialistas afirmam que o bórax que são presentes nessa confecção caseira podem ser altamente perigoso para a saúde das crianças. Além disso, eles também testaram produtos industrializados.

No mesmo estudo foi apontado que oito entre onze marcas de produtos prontos estavam com o nível de bórax acima do permitido. Esse estudo aponta também para o slime caseiro que é mais comum no Brasil do que em outros países. No Reino Unido existem casos de crianças que estão com problemas de saúde depois de ter contato com o borax.

A pesquisa aponta que o contato com esse ingrediente provoca algumas reações como cólicas estomacais, vômitos e diarréia, além de irritações nos olhos, evoluindo até para problema de fertilidade. Mulheres grávidas devem evitar o contato, pois o feto também pode ter problema de saúde. Diante desses relatos fica expressamente recomendável o uso de bicarbonato de sódio no lugar do borax.

Slime caseira pode ser altamente perigosa, segundo especialistas
Gostou desse artigo?

Recomendados Para Você: