Sem saber de morte, menina deixa bilhetes à mãe e final é trágico; história emocionante

Uma das filhas da merendeira Silvana Tertuliana Pereira, de 42 anos, sem saber que a mãe havia sido assassinada, resolveu pedir ajuda, após passar um dia e meio em casa apenas com sua irmã menor, de 6 anos. A adolescente escreveu bilhetes e telefonou para alguns parentes, relatando o desaparecimento da mãe.

As investigações levaram ao atual namorado da mulher, o animador de festas e pedreiro, Jesus Ajala da Silva, de 46 anos, como o autor do crime.

Ele não aceitava o término do relacionamento e decidiu acabar com a vida da ex. O corpo foi abandonada por 35 horas dentro de um banheiro. “Se ela não ficasse comigo, não ficaria com mais ninguém”, afirmou o criminoso.

A parte emocionante da história, entretanto, são as mensagens deixadas pela garota, de apenas 12, em casa. Preocupada com o sumiço da mãe, antes de sair em sua procura, a jovem deixou bilhetes pela residência. A intenção era não deixar a mãe preocupada, caso ela voltasse para o local, e não encontra-se a filha em casa.

Além de informar para onde estavam indo, a garota pediu para que a mãe não ficasse preocupada, e fez questão de dizer que a amava.

Após as investigações policiais terem descartado o envolvimento do ex-marido de Silvana no crime, a adolescente colaborou com os agentes para encontrarem a casa do namorado da merendeira,

O fato gerou grande comoção, principalmente pelas cartinhas deixadas pela jovem. Os vizinhos do criminoso disseram aos investigadores que, dois dias antes do crime, o casal havia protagonizado uma discussão.

Sem saber de morte, menina deixa bilhetes à mãe e final é trágico; história emocionante
Gostou desse artigo?

Recomendados Para Você: