Revoltada, mãe faz desabafo após se deparar com bebê cheio de marcas ao buscá-lo na creche

Atualmente, a maioria das mulheres trabalham fora e precisam de um local seguro e confiável para deixar os filhos enquanto estão no serviço. Por esse motivo, muitas precisam recorrer às creches ou escolinhas.

Uma mulher passou por uma situação complicada ao buscar o seu filho na creche. Quando uma mãe deixa o filho nesses locais, acredita que ele vai ser bem cuidado. Mas, e quando isso acaba não acontecendo? Foi esse o drama de uma mulher moradora de São Vicente, cidade localizada na região litorânea de São Paulo.

Thaynara Alonso ficou indignada com a situação e resolveu fazer um desabafo nas redes sociais. De acordo com a postagem da mãe, ela chegou para buscar o filho e as colaboradoras da creche a levaram a uma sala. No local, as funcionárias disseram que a criança teria tentado engatinhar, porém, acab batendo a cabeça no pé da mesa.

“Virei as costas chorando e lá fora outras mães indignadas me falaram para chamar a polícia”, relatou Thaynara. Ela fez um boletim de ocorrência e levou o filho, o bebê de apenas nove meses a uma unidade de saúde da localidade.

A criança foi submetida a vários exames, mas precisou voltar para casa, pois não havia leito disponível na unidade. O bebê teria sido levado ao IML, onde ficou constatado que as marcas na verdade eram mordidas. O laudo deve ficar pronto em aproximadamente 30 dias. As funcionárias da creche envolvidas foram afastadas do trabalho.

Thaynara relatou que o sentimento que tem é de revolta. “Você deixa seu filho na creche achando que ele estará em boas mãos, mas quando vai buscá-lo se depara com essa situação. Eu chorei tanto, me doeu muito e ainda dói. Mas isso não vai ficar assim”, desabafou a mãe indignada.

A postagem feita pela jovem viralizou nas redes sociais e já havia obtido mais de 20 mil curtidas.

Revoltada, mãe faz desabafo após se deparar com bebê cheio de marcas ao buscá-lo na creche
Gostou desse artigo?

Recomendados Para Você: