Profecia de Nostradamus para 2019 é assustadora e poderá afetar toda a humanidade

Boatos de que asteroides vão colidir com a Terra não são novidade. Mas uma profecia deixada por Nostradamus tem deixado muitos estudiosos com uma pulga atrás da orelha. Nostradamus foi um médico, astrólogo e uma espécie de profeta em seu tempo, e viveu entre os anos 1503 e 1566. Ele ganhou muito destaque por volta do ano de 1554, quando já tinha 51 anos.

Nostradamus deixou a seguinte profecia: “E um eclipse do Sol sucederá o mais escuro tenebroso verão que jamais existiu, de tal modo que julgarão a Terra fora da órbita e abismada em trevas eternas. Quando o Sol ficar completamente eclipsado, passará em nosso céu um novo corpo celeste. O monstro será visto em pleno dia. Os astrônomos interpretarão os efeitos deste corpo de outro modo, por isso ninguém terá provisões em face da penúria”.

O jornal “Folha de São Paulo” publicou, em 24 de julho de 2002, em seu site, que um asteroide poderia atingir a Terra em 17 anos e destruir a vida no nosso planeta. O asteroide NT7, descoberto em 2002, foi visto pela primeira vez em julho daquele ano pelo programa norte-americano Linear, de vasculhamento do céu. Ele era considerado o objeto mais ameaçador já detectado no espaço sideral, pois possui 2 quilômetros de extensão.

Pois bem, segundo a profecia realizada há centenas de anos, possivelmente a Terra será atingida por um corpo vindo do espaço. Por que, então, os estudiosos de Nostradamus acreditam que essa profecia acontecerá em 2019? Há duas respostas.

A Nasa diz que a chance desse corpo atingir o planeta é muito pequena, mas Nostradamus alertou: “os astrônomos vão errar e ninguém estará preparado.”

A segunda resposta também está ligada à Nasa. Nostradamus disse, em sua profecia, que o corpo celeste atingirá a Terra após acontecer um eclipse do sol. Um eclipse acontece quando a lua passa em frente ao Sol, encobrindo a Terra com sua sombra. O próximo eclipse solar acontecerá justamente em 2019, mais precisamente no dia 2 de julho.

Previsões de desastres naturais

Apesar das evidências, nem todos os clarividentes concordam que o mundo acabará em 2019. Pelo menos não totalmente. As profecias para 2019 dos videntes Craig Hamilton-Parker e Jane Hamilton-Parker, por exemplo, não chegam a esse extremo, mas revelam muitos desastres naturais.

Craig Hamilton-Parker e Jane Hamilton-Parker são os dois videntes mais famosos do Reino Unido. De acordo com eles, o mundo não vai acabar em 2019, mas milhões de pessoas vão morrer em desastres naturais.

A maior parte das mortes será consequência de furacões com velocidades recordes no Caribe e incêndios nos EUA.

Profecia de Nostradamus para 2019 é assustadora e poderá afetar toda a humanidade
Gostou desse artigo?

Recomendados Para Você: