Pessoas que ficam em casa são mais inteligentes? Estudos apontam que sim; entenda

Um estudo científico apontou que pessoas que preferem ficar dentro de casa a sair e curtir a vida adoidado, são mais inteligentes.

A análise foi realizada pela revista científica British Journal of Psychology. Eles explicaram que apesar das pessoas que se divertem mais, serem mais felizes, os mais inteligentes são os que passam a maior parte do tempo trancados no conforto de suas casas.

Para chegar a esta conclusão, a pesquisa analisou mais de 15 mil pessoas, de diversas etnias, lugares, regiões, situações financeiras e gêneros diferentes. O resultado final apontou que o desejo de ficar em casa, bate com o QI maior dos humanos estudados durante a pesquisa. Uma das conclusões dos psicólogos dizia, que os seres humanos que são mais inteligentes, tem uma satisfação maior com pouco  contato interpessoal. Isso significa, que eles não precisam estar em contato constante com outras pessoas para se sentirem mais inteligentes.

A equipe de psicanalistas que foi liderada pelos psicológos Satoshi Kanazawa e Norman Li, também chegou a conclusão, que as pessoas que vivem em lugares com uma população maior, são menos felizes, as que vivem em comunidades menores sentem mais prazer e satisfação.

Em outras palavras, os pesquisadores chegaram a conclusão, que os mais inteligentes preferem vivenciar as experiências nos confortos de suas casas, porque suas mentes se adaptam melhor ao estilo de vida moderno, que ficam separados dos hábitos dos antepassados. Ou seja,  hoje em dia é possível ter tudo na palma da mão, com o alcance da tecnologia.

Pessoas que ficam em casa são mais inteligentes? Estudos apontam que sim; entenda
Gostou desse artigo?

Recomendados Para Você: