Pedófilo abusa de criança de 6 anos, não é condenado e volta à faculdade

O pedófilo abusou de uma criança durante dois anos e mesmo assim não foi condenado pelo crime

Um pedófilo, que durante dois anos abusou sexualmente de uma criança, NÃO foi condenado por seu crime e poderá voltar normalmente para a faculdade de odontologia que estava cursando. O caso ocorreu na Escócia e está gerando grande indignação em todo o Reino Unido.

Christopher Daniel, 18 anos, abusou de uma menina durante o período de dois anos. Os abusos começaram quando ela tinha apenas seis anos. Ele foi considerado culpado pelos crimes, mas não recebeu NENHUM tipo de punição.

De acordo com o portal Kidspot, o juiz decidiu não punir Christopher porque na época dos crimes ele tinha entre 15 e 17 anos. O juiz considerou que ele era um adolescente “imaturo e estranho socialmente e que a condenação iria prejudicar a educação do rapaz e sua futura carreira”.

O caso está gerando grande indignação entre a população local, diversas petições já foram criadas para que haja um novo julgamento. Uma das petições já tem mais de 15 mil assinaturas e outra mais de seis mil. “Nosso sistema judiciário está colocando a carreira de um pedófilo acima do bem-estar de uma criança! Isto é um absurdo”, disse Marisa Keegan, criadora de uma das petições.

Os pais da menina estão chocados com a decisão do juiz. A família entrou em contato com a polícia e denunciou Christopher, que era filho de um casal de amigos, assim que a filha lhes contou sobre os abusos que sofria.

A menina foi submetida a exames e ainda precisou dar um depoimento de duas horas durante o julgamento, algo que segundo os pais a colocou sob um grande estresse, e mesmo assim o criminoso não foi condenado.

“Eu estou absolutamente chocada com tudo isso. O juiz disse que minha filha não parece ter sofrido grandes traumas com o que ocorreu. Como ele pode saber disso?! Ninguém perguntou a mim ou ao pai dela sobre como nossa filha realmente está!”, disse a mãe da vítima em entrevista ao jornal britânico Daily Record.

O pai da menina ainda afirmou em entrevista ao canal de TV STV News: “O sistema judiciário falhou em todos os sentidos. O juiz deveria proteger a população. Eu acho que esta decisão é ultrajante!”. A família da criança já informou que irá apelar diante desta decisão do juiz.

Pedófilo abusa de criança de 6 anos, não é condenado e volta à faculdade
Gostou desse artigo?

Recomendados Para Você: