Pai deixou este bebê sozinho no parque por estar ‘cansado de cuidar dele’

O pai deste bebê de 22 meses foi embora e não voltou mais, deixando o pequeno sozinho em um parque na Austrália

Um pai admitiu algo terrível que fez com seu bebê de apenas 22 meses. O pai Shane Arthur Simpson admitiu que deixou seu filho Baden Bond de 22 meses sozinho em um parque em Eagleby na Austrália em maio de 2007.

Shane deixou o menino no banco de um parque que estava próximo de um rio. Infelizmente, a criança nunca mais foi encontrada. Porém, o pai e a mãe, Dina Collenn Bond, somente relataram para a polícia que o filho estava desaparecido em 2015. E em 2016 Shane admitiu para a polícia que abandonou o pequeno no parque.

Em 2017 a mãe foi acusada de ter sido cúmplice do pai, já que ela sabia do abandono e encobriu o caso. Quando eram questionados por familiares e amigos sobre o menino, os pais respondiam que havia dado ele para adoção.

O caso está sendo julgado somente agora. A polícia acredita que a criança faleceu, por isso, os pais estão sendo julgados por homicídio.

Durante o julgamento, o pai deu detalhes sobre o dia em que abandonou o filho.  “Ele disse que estava muito cansado de cuidar do filho e que sequer olhou pra trás quando abandonou o bebê. Ele também relatou que o pai achava que alguém iria encontrar o menino e cuidar dele. Ele abraçou o filho, disse que sentia muito e então foi embora”, relatou o promotor do caso Danny Boyle em entrevista ao portal australiano News.

O caso segue em julgamento.

Pai deixou este bebê sozinho no parque por estar ‘cansado de cuidar dele’
Gostou desse artigo?

Recomendados Para Você: