Mulher mata marido queimado porque ele se recusou a dar senha do celular para ela

Na era digital, o celular tornou-se um grande problema na vida de muitos casais e tem causado várias brigas mundo à fora. Algumas extrapolam todos os limites possíveis e se tornam grandes tragédias.

O indiano Dedi Purnama, de 26 anos, estava consertando o telhado de sua casa quando sua esposa, Ilham Cahyani, pediu algo que sempre gera brincadeiras e muitas polêmica. A mulher queria dar uma olhada no celular do marido e não estava conseguindo porque não tinha a senha.

Enquanto o marido se debruçava no telhado, ela pediu a senha do aparelho para ele, de acordo com informações divulgadas pelo Daily Mirror. O pedido simples deixou Purnama revoltado. Ele deixou o que estava fazendo de lado, desceu do telhado e iniciou uma discussão com a esposa.

A discussão esquentou e houve até confronto físico. No meio de toda a confusão, a mulher não quis saber e jogou um líquido inflamável sobre o marido e, em seguida, ateou fogo utilizando um isqueiro.

Ao Daily Mirror, um vizinho relatou que viu as chamas na casa de Purnama. O homem deixou o que estava fazendo e foi ver o que estava acontecendo. Ele chegou a socorrer o marido todo queimado.

Purnama foi levado ao hospital da região de East Lombok, na Índia, um dos países mais populosos do mundo, com queimaduras por todo o corpo. Dois dias depois de der dado entrada no hospital o homem não resistiu aos ferimentos e morreu.

O Daily Mirror não divulgou informações sobre o paradeiro da mulher e não se sabe se ela foi presa pelo crime ou não.

Mulher mata marido queimado porque ele se recusou a dar senha do celular para ela
Gostou desse artigo?

Recomendados Para Você: