Mãe morde o lábio da filha com paralisia cerebral porque ela não parava de chorar

Apesar dos filhos serem uma grande benção na vida de seus pais, não é nada fácil criar e educar uma criança. Nem toda mulher está preparada para ser mãe, como no caso de Ludmila Spesivtseva que mora na Rússia. Ela teve uma filha que nasceu com paralisia cerebral. Katya já estava com seis anos e não sabia o que era o amor de uma mãe.

É normal as crianças chorarem, especialmente uma que sofre com problemas de saúde. Em vez de ser compreensiva e amorosa com a filha, Ludmila ficava irritada com os gritos da menina. Ela chorava muito aquela noite, a mãe a maltratou para que parasse de chorar, como não obteve resultados, Ludmila atacou a filha com os próprios dentes.

Os relatos do ataque são verdadeiros e arrepiantes, a mãe simplesmente em um acesso de fúria agarrou o lábio inferior de Katya entre os dentes e o rasgou. Além de morder, ela ainda negou socorro, e só chamou a ambulância dias depois ao ver que a filha piorava.

A mulher foi presa e pegou uma pena de quatro anos, os médicos descobriram que Katya era vítima de maus tratos, estava cheia de hematomas por todos os lados, e havia adquirido várias doenças por causa da negligência da mãe. Depois de passar um ano em vários hospitais se recuperando ela foi adotada por uma família amorosa e que a encheu de carinho.

Katya faleceu aos 9 anos, de insuficiência cardíaca. Sua nova mãe disse que não havia nada capaz de apagar o horror que ela viveu nas mãos de sua mãe biológica, mas pelo menos em seus últimos anos de vida, conheceu o que é o amor de verdade.

Mãe morde o lábio da filha com paralisia cerebral porque ela não parava de chorar
Gostou desse artigo?

Recomendados Para Você: