Mãe faz um alerta após sua bebê sofrer queimadura química ao usar fralda descartável

A mãe comprou uma marca de fraldas pouco conhecida e a bebê acabou sofrendo queimaduras químicas

A mãe britânica Reanne Davis ficou indignada após uma marca de fraldas causar queimaduras químicas em suas bebê de apenas sete semanas. Reanne trocou a marca de fraldas da pequena Elizabeth por uma menos conhecida.

E algumas horas após a mãe colocar a primeira fralda da marca inglesa Boots em sua bebê, Elizabeth começou a chorar. Quando a mãe abriu a fralda da bebê, apenas duas horas após ter colocado, a pele da pequena estava toda vermelha e descascando, exatamente na área onde estava a fralda. “Eu fiquei chocada com o que eu vi! A pele da minha bebê na região da fralda estava em carne viva e ela chorava muito. Eu nunca pensei que uma fralda poderia fazer isso”, disse Reanne em entrevista ao jornal britânico Mirror.

Reanne levou sua bebê para o hospital e os médicos diagnosticaram que a pequena sofreu uma queimadura química provocada pela área absorvente da fralda.

A bebê precisou tomar antibióticos e usar creme com esteroides para o tratamento. E claro, voltou a colocar a marca de fraldas que usava anteriormente. “Nunca mais vou comprar essa marca e quero que eles reavaliem as fraldas, pois não quero que isso ocorra com nenhum outro bebê”, concluiu Reanne.

Nos primeiros meses de vida, a pele do bebê é muito sensível, especialmente se o pequeno nasce prematuro. Portanto, nesta fase o ideal é optar pelas marcas de fralda mais conhecidas e, consequentemente, mais caras.

Com o passar do tempo a pele do bebê fica menos sensível e neste momento você pode tentar a troca para uma marca mais barata. Mas ao fazer essa troca, fique atenta a qualquer alteração na pele do seu bebê na região da fralda.

Mãe faz um alerta após sua bebê sofrer queimadura química ao usar fralda descartável
Gostou desse artigo?

Recomendados Para Você: