Jovem morta pelo namorado adolescente estava grávida; ele alega traição após ler mensagens

A jovem de 22 anos assassinada a facadas pelo namorado adolescente em Ibaté (SP) estava grávida de três meses, disse o suspeito de 17 anos à Polícia Civil. Ele foi apreendido na noite de terça-feira (22) e confessou crime, que foi registrado homicídio e qualificado como feminicídio.

O adolescente alegou que matou que Luana Ramos Vilhena devido a uma suposta traição. Ele disse ter visto algumas mensagens no celular da vítima com quem morava há quatro meses no Jardim América.

Adolescente de 17 anos mata a namorada grávida em Ibaté

Adolescente de 17 anos mata a namorada grávida em Ibaté

Na madrugada de terça-feira, o casal brigou e ele a asfixiou e a esfaqueou. “Após uma discussão por motivo de ciúmes, essa discussão teria se agravado e em um determinado momento ele tentou entrangulá-la e em seguida desferiu algumas facadas no pescoço dela”, contou o delegado Wilton Gonçalves Garcia Filho.

A jovem foi encontrada por policiais civis dentro da casa onde morava com o assassino. Segundo a polícia, Luana tinha três perfurações na região do pescoço.

Jovem foi morta por adolescente em casa no Jardim Cruzado em Ibaté — Foto: Reprodução/EPTV

Jovem foi morta por adolescente em casa no Jardim Cruzado em Ibaté — Foto: Reprodução/EPTV

Apreensão

O adolescente foi apreendido durante a noite pela Polícia Rodoviária. Ele foi encontrado na Rodovia Washington Luís (SP-310) e contou o que havia acontecido para funcionários da concessionária que administra o trecho.

A Polícia Militar foi chamada e encontrou o corpo da mulher. O jovem foi encaminhado para a Fundação Casa de Araraquara.

Jovem morta pelo namorado adolescente estava grávida; ele alega traição após ler mensagens
Gostou desse artigo?

Recomendados Para Você: