Homem rejeita sexo, é chamado de ‘frouxo’ e atira 4 vezes contra mulher em MS

Um jovem de 22 anos foi preso por atirar quatro vezes contra uma mulher de 34 anos na noite desta terça-feira (22), em Campo Grande. Ele alega ter sido chamado de “frouxo” ao recusar manter relação sexual com a vítima. De acordo com a polícia, o homem disse que estava dentro do carro, e por ser insultado, atirou na mulher.

Segundo o delegado Lucas Caires, o suspeito disse que já teria saído 4 vezes com a vítima, que faria programas. Os dois marcaram de se encontrar, mas no trajeto, ela tirou a roupa e insistiu em fazer sexo no carro.

De acordo com o delegado, o autor ainda informou que a mulher não cobrava mais pelos encontros, que já aconteciam pelo menos há três meses. A vítima teria dito a uma irmã que não se lembrava mais do suposto cliente.

Jovem foi preso em flagrante e confessou atirar em mulher em MS — Foto: Polícia Militar/Divulgação

Jovem foi preso em flagrante e confessou atirar em mulher em MS — Foto: Polícia Militar/Divulgação

Segundo a polícia, o suspeito contou que estava armado e na hora da discussão, sacou a arma, que foi tomada pela mulher. Ele ainda disse que conseguiu pegar a arma novamente e, fora do carro, atirou contra a vítima, acertando as costas dela.

A perícia encontrou vestígios de sangue dentro de veículo. O crime foi no bairro Jardim Tijuca, eles estavam a caminho do bairro Caiobá. O caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) Piratininga, como tentativa de homicídio.

Segundo a assessoria de imprensa da Santa Casa, a paciente está consciente, orientada e estável, internada na área verde do pronto socorro. Ela foi atingida na bochecha esquerda, virilha, ombro esquerdo e panturrilha direita. Nesta quarta-feira (23), a mulher deve passar por cirurgia pela ortopedia.

Preso em casa

O jovem fugiu do local e foi preso em casa. A irmã da vítima disse que apenas a viu saindo com o rapaz e ele moraria próximo, na rua Jurua. Com o endereço em mãos, a equipe foi ao local e o encontrou.

Além de confessar o crime, ele indicou que a arma estava escondida em cima do guarda-roupas. O revólver de calibre 38 foi apreendido, carregado com cinco munições intactas e uma deflagrada.

Homem rejeita sexo, é chamado de ‘frouxo’ e atira 4 vezes contra mulher em MS
Gostou desse artigo?

Recomendados Para Você: