Grávida de novo, Thaeme toma uma injeção por dia para evitar outro aborto

A cantora Thaeme Mariôto falou sobre problema que afeta muitas gestantes e é uma das principais causas do aborto espontâneo

A cantora Thaeme Mariôto revelou que está passando por um problema que afeta muitas gestantes e é uma das principais causas do aborto espontâneo. A cantora relatou que está tendo que lidar com a trombofilia na gestação, isto significa que ela corre maior risco de desenvolver uma trombose ou outras anomalias em seu sistema de coagulação.

Além do aborto espontâneo, a trombofilia na gestação quando não tratada ainda pode levar a complicações como pré-eclâmpsia, problemas no desenvolvimento do bebê, parto prematuro e até o maior risco do bebê nascer morto.

Para evitar que desenvolva qualquer uma dessas complicações, ela está tendo que tomar uma injeção de medicamento anticoagulante todos os dias. Ela revelou que faz isso com a orientação de seu médico desde que descobriu a nova gestação e que continuará fazendo até 40 dias após dar à luz.

A cantora viajou para os Estados Unidos no último domingo (25/11) e contou que além do anticoagulante, também estava usando uma meia de compressão para a viagem.  “Sobre o que eu escrevi sobre o anticoagulante e a meia de compressão é o seguinte. Antes de eu tentar engravidar, no ano passado, eu fui a uma médica que ela pediu vários exames para me colocar de cabeça para baixo literalmente e destrinchar sobre qualquer tipo de situação que poderia interferir em uma gestação, enfim, é a conduta dela. Para mim foi muito bom porque eu já me preparei psicologicamente, eu já sabia que eu tinha um fator de trombofilia, eu tinha uma comadre que já tinha passado por três abortos por causa de trombofilia, a gestação por si só já é um fator de trombofilia e quando ela descobriu esse fator nela, ela começou a tomar um anticoagulante e conseguiu ter dois filhos porque tomou o anticoagulante. Muita gente não sabe, mas a trombofilia é uma das principais causas de aborto espontâneo nas 12 primeiras semanas e também ao longo da gestação. Às vezes a pessoa não sabe e tem um parto prematuro”, disse a cantora.

Trombofilia pode ter sido uma das causas do aborto espontâneo de Thaeme

Antes desta nova gestação, a Thaeme havia sofrido um aborto espontâneo. E atualmente ela acredita que a trombofilia pode ter tido uma relação com isto. “Esse fator da trombofilia que tinha detectado nos exames não era tão grave assim, mas na primeira gestação ele piorou demais, demais mesmo. Pelo que nós pesquisamos, a causa do aborto espontâneo que eu tive foi má formação mesmo, a principal causa provavelmente foi má formação mesmo. Porém, como minha proteína S, meu fator de trombofilia, baixou muito mesmo, pode ter também ocasionado”, afirmou a cantora.

Ela então relatou que nesta nova gestação, passou a tomar as injeções anticoagulantes assim que descobriu a gravidez “Na primeira gestação eu não estava tomando desde o início porque o meu número não era muito preocupante mesmo, quando baixou eu entrei com o anticoagulante. Nessa gestação já sabendo como se comportava minha proteína S quando eu ficava gestante eu tomei desde o início orientada pelo meu médico, a gente tomou desde o dia em que descobri o positivo. Eu vou ter que tomar uma picadinha por dia até 40 dias após eu ganhar o bebê, mas só tenho a agradecer a Deus que existe este tipo de solução.  Para essa viagem meu médico orientou que eu usasse meia de compressão e também orientou não ficar o tempo todo deitada, levantar, andar”.

Por fim, a cantora revelou que engravidou novamente em sua segunda tentativa. “Geralmente quando se perde o bebê por uma má formação esporádica, os médicos orientam a tentar novamente de forma natural. Mas eu fiquei com tanto medo de acontecer novamente, que a gente fez o exame de cariótipo, eu e meu marido, porque o cariótipo dando normal a gente poderia tentar de maneira natural porque foi esporádico mesmo o que aconteceu e o meu e do Fábio (Fábio Elias, marido da cantora) deu 100% normal. E assim que descobri que estava normal, a gente tentou de forma natural e na segunda tentativa deu certo”, concluiu a cantora.

Grávida de novo, Thaeme toma uma injeção por dia para evitar outro aborto
Gostou desse artigo?

Recomendados Para Você: