Esposa abusa do próprio marido centenas de vezes e detalhes chocam: ‘Medo de morrer’

Muitas pessoas acreditam que apenas mulheres são vítimas de violência doméstica. No entanto, alguns homens também sofrem esse tipo de perseguição. Em entrevista a BBC, Alex Skeel, de 22 anos contou como foi viver com uma mulher por anos, sofrendo todos os tipos de tortura.

Ele e a companheira nunca chegaram a se casar no papel, mas viviam uma vida de marido e mulher, inclusive, tinham dois filhos juntos. Até pelo fato de ter crianças, o rapaz não sabia como agir com a violência da mulher contra ele. Até que as coisas, infelizmente, foram piorando.

“Nunca vou esquecer o dia em que minha namorada, Jordan, jogou água fervendo em mim pela primeira vez. Ela me encurralou em um canto na nossa casa em Bedfordshire, na Inglaterra, com uma chaleira fervendo na mão”, explicou ele, que confessou nunca ter sentido tanta dor em sua vida.

Homem teve medo de morrer e, por isso, não terminava relação com namorada, que acabou presa

O homem conta que Jordan Worth, que acabou sendo presa pelos abusos que cometeu, primeiro isolou ele da família e dos amigos e, na sequência, foi piorando a violência.

O rapaz diz que a companheira até negava comida para ele, que foi ficando fraco e cada vez mais magro. “Ela esperava eu pegar no sono e batia com a garrafa na minha cabeça. “O que você está pensando?”, ela perguntava”, explicou o rapaz ao dar detalhes sobre o sofrimento que, segundo ele, acontecia todos os dias.

Na Inglaterra, em 2017, a polícia registrou cerca de 150 mil registros de violência doméstica cometidas por mulheres contra os seus companheiros. Mesmo com um número tão alto de casos, apenas 1% dos leitos em hospitais que cuidam de abusos domésticos são dedicados a homens.

Esposa abusa do próprio marido centenas de vezes e detalhes chocam: ‘Medo de morrer’
Gostou desse artigo?

Recomendados Para Você: