Em carta emocionante escrita ao Papai Noel, criança pede: ‘Me ajude a viver’

Uma história comovente vem ganhando força na Internet nos últimos dias. Trata-se de uma carta escrita ao Papai Noel por uma criança de apenas 10 anos de idade. Gabriel Martinelle da Rosa escreveu a carta em uma ação da Escola Pdro II, local em que estuda. Há cerca de 3 anos, a escola reúne os alunos em um dia especial para que eles escrevam as cartas e façam seus pedidos ao ‘bom velhinho’.

Contudo, a carta de Gabriel se destacou entre as demais e sensibilizou a direção da escola, que decidiu realizar uma companha na Internet para arrecadar fundos para o tratamento do menino que têm câncer.

Na emocionante carta escrita ao Papai Noel, Gabriel começa dizendo: “Querido Papai Noel. Oi, meu nome é Gabriel Martinelle da Rosa. Eu queria ganhar uma vacina. Eu tenho câncer. Eu tenho medo de morrer, sei que é muito ruim”. 


“Eu fiquei pensando: ‘O que vou fazer, meu Deus?’, depois de ler a carta de uma criança que está pedindo para viver…‘Vamos ter que fazer alguma coisa’”, disse o assessor escolar se referindo à atitude da escola em tentar reunir a quantia de R$ 110 mil necessários para um ano de tratamento.

No início deste ano, Gabriel descobriu o tumor na cabeça, atrás dos olhos. Isso acabou culminando em uma perda parcial da visão. Ele chegou a passar por sessões de quimioterapia e radioterapia, porém, sem poder passar por uma cirurgia, uma injeção poderia estabilizar o tumor ou até mesmo fazê-lo desaparecer.

Contudo, o medicamento custa caro e a família não tem como pagar. A Secretaria de Estado da Saúde informou que esse tipo de tratamento, geralmente, é fornecido por hospitais que são referência. Porém, o hospital informou que não dispõe da vacina por ela não ter sido repassada pelo SUS.

O diretor da escola, Jadir Booz, contou que se emocionou profundamente com o desejo da criança de viver e que teria que fazer algo para que o pedido dele fosse aceito.

Além do desejo mencionado acima, Gabriel deu mais duas opções de presente para o Papai Noel.

“Quinze chocolates para minha turma, 16 seria bom pra mim, porque aí uma barra seria minha… e um Playstation, porque às vezes, eu fico com vontade de jogar”.

Em carta emocionante escrita ao Papai Noel, criança pede: ‘Me ajude a viver’
Gostou desse artigo?

Recomendados Para Você: