De acordo com pesquisas, modo que cozinhamos arroz pode matar

   

Você sabe fazer arroz? É muito fácil, não é?

Basta colocar azeite na panela, refogar alho e cebola, colocar o arroz lavado nesse refogado e acrescenta água fervente. Após isso, é preciso deixar a água evaporar, não é mesmo?

Parece fácil, mas o modo tradicional que cozinhamos arroz é igualmente perigoso.

Estudos recentes apontaram que cozinhar o arroz dessa forma faz com que haja a liberação de arsênico, o que pode causar muitos danos à saúde e até levar a morte.

Dentre os danos à saúde do arsênico podemos destacar o câncer,diabetes, problemas cardiorrespiratórios e etc.

Este elemento é liberado quando deixamos a água secar. O arsênico contamina o arroz ainda antes da colheita pelo uso de fertilizantes e água

Em testes feitos pelo professor de ciências biológicas na Universidade Queens de Belfast, Andy Meharg, no programa “Trust me, Im a Doctor” da BBC, a pior forma é cozinhar uma porção de arroz em duas de água e comer.

Então, qual seria o certo?

Para que o arsênico não seja liberado, você precisa deixar o arroz de molho na água durante toda à noite, pois isso faz com que haja uma redução de cerca de 80% dos níveis de arsênico do alimento.

Outro método que faz com que o cozimento fique mais saudável é não deixar o arroz secar. Ao invés disso, cozinhe o arroz em 5 porções de água e depois escorra o alimento.

Dessa forma, é possível eliminar o arsênico do alimento.

 

Veja Também