Bebê de 4 meses sofre 28 fraturas após ser agredido pelos pais

Os pais do bebê foram para julgamento e detalhes sobre o caso foram revelados pelos médicos

Um bebê de apenas quatro meses sofreu 28 fraturas nos ossos que foram causadas por seus próprios pais em um caso que chocou a Inglaterra. O triste caso ocorreu em 2017 e nesta segunda-feira (14/01) os pais Adam Jendrzeczak, 32 anos, e sua esposa Aleksandra Kopinska, 22 anos, foram julgados.

De acordo com o jornal britânico Daily Mail, o casal foi condenado a oito anos de prisão cada por agredirem e negligenciarem uma criança e causarem sofrimento desnecessário.

O caso de abuso foi revelado em fevereiro de 2017 quando o pequeno foi levado para o hospital com um braço quebrado. Na época, o casal alegou que o pequeno havia caído e quebrado o braço.

Porém, os médicos examinaram o pequeno e constataram que ele tinha mais de 20 fraturas nas costelas, nos dois joelhos e nos tornozelos. “Eles também perceberam que as fraturas foram causadas por força significativa de alguém”, disse o promotor Ryan Richter durante o julgamento.

O casal foi detido pela polícia já em 2017 e o caso começou a ser investigado. Durante o julgamento, também foi revelado que as primeiras fraturas do pequeno ocorreram quando ele tinha cerca de um mês de vida. Ou seja, seus pais o deixaram MESES sem atendimento médico e consequentemente com terríveis dores.

No julgamento também foi revelado pela polícia que apesar das terríveis lesões a criança passa bem atualmente. Ela não sofreu nenhuma sequela física das lesões e se recuperou completamente.

Reprodução Polícia de Sussex – Algumas das fraturas que os pais causaram no bebê de quatro meses

Reprodução Polícia de Sussex – Algumas das fraturas que os pais causaram

Reprodução Polícia de Sussex – A mãe Aleksandra Kopinska foi condenada a oito anos de prisão

Bebê de 4 meses sofre 28 fraturas após ser agredido pelos pais
Gostou desse artigo?

Recomendados Para Você: