Bebê de 2 anos começa a vomitar sangue, fica azul e perde a vida no hospital; médicos estão alertando sobre este perigo

As crianças costumam colocar coisas na boca, pois é uma maneira delas de descobrirem o mundo. Muitas vezes esse gesto é inofensivo, porém em alguns casos pode ser fatal.

A bebê de 2 anos, Brianna, filha de Stephanie e Brian Florer, colocou na boca um objeto que a fez ir embora desse mundo de modo traumático. Ela acabou falecendo depois de colocar na boca uma pequena bateria, durante as comemorações do Natal de sua família.

Ninguém sabe dizer ao certo quando a pequena Brianna ingeriu a bateria, porém calcula-se que tinha sido no máximo 6 dias antes de sua morte. Primeiramente, a criança sentiu apenas febre, embora não tenha sido tão alta. Porém, dois dias após o Natal, o rosto dela ficou azul e começou a vomitar sangue, desse modo foi levada às pressas para o hospital em uma ambulância.

Os médicos descobriram que a bateria que ela tinha engolido começou a vazar ácido, queimando assim o esôfago e sua artéria carótida. Os médicos lutaram por sua vida, mas já era tarde. Infelizmente a família passou o Ano Novo planejando o funeral da criança. O Natal passa a ser uma lembrança triste na família, pois sempre se lembrarão dessa tragédia que poderia ter sido evitada.

O avô Kent Vice declarou chorando que cuidou por várias vezes da neta enquanto os pais dela trabalhavam e a chamou de “anjinho”. De acordo com o National Capitol Poison Center, de 2005 a 2014, foi apurado que 11.940 crianças pequenas engoliram baterias, 15 delas foram vítimas fatais, segundo o jornal britânico Daily Mail.

Deixemos o aviso para os pais e família, que tirem todos os produtos que possuam baterias fora do alcance de crianças, ou então, que mantenham a tampa lacrada para que elas não consigam ter acesso.

Bebê de 2 anos começa a vomitar sangue, fica azul e perde a vida no hospital; médicos estão alertando sobre este perigo
Gostou desse artigo?

Recomendados Para Você: