Atriz é presa acusada de contratar assassino para matar rival

Uma atriz de filmes adultos foi presa acusada de contratar um assassino para matar uma inimiga ainda não identificada.
Katrina Danforth, de 31 anos, foi presa na quarta-feira no Aeroporto Internacional de Spokane, após a polícia interceptar várias conversas da atriz com o suposto assassino durante várias semanas entre outubro e novembro.

A advogada afirmou que a vítima, referida como “HR” em documentos judiciais, mora em Idaho e não foi prejudicada durante a prática do alegado crime.

Danforth, mais conhecida profissionalmente como Lynn Passion e Lynn Pleasant, é acusada de fazer uma série de comunicações por telefone, bem como uma correspondência por e-mail entre 20 de outubro e 10 de novembro, cada uma em um esforço para encontrar alguém para realizar um assassinato de aluguel.

Embora ela tenha anunciado publicamente sua aposentadoria da carreira que escolheu, ela confirmou recentemente, via mídia social, que continuava solicitando clientes por telefone.

Em uma entrevista após sua prisão, para o site KHQ, Danforth disse que não sabia exatamente porque os policiais a prenderam.
Ela compareceu ao tribunal no mesmo dia e disse ao juiz, John Rodgers, que não podia pagar para responder pelo crime em liberdade.

A atriz está atualmente presa na Cadeia do Condado de Spokane, uma nova audiência de custódia está marcada para esta sexta-feira.
Se condenada, ela poderia passar 10 anos na prisão e enfrentar uma multa de US $ 250 mil (cerca R$ 950 mil) por cada uma das cinco acusações criminais contra ela.

Atriz é presa acusada de contratar assassino para matar rival
Gostou desse artigo?

Recomendados Para Você: