Atendente interrompe dança de menina negra com Papai Noel e é acusado de racismo; vídeo

A atitude de um funcionário de uma loja no município de Pouso Alegre, Minas Gerais, vem gerando grande revoltas na internet. Desde a manhã do último sábado, 1º de dezembro, o vídeo vem sendo replicado nas redes sociais. A publicação que foi feita no Facebook mostra uma garotinha dançando alegremente na frente de um Papai Noel eletrônico.

Em seguida, a imagem mostra o atendente de uma loja que aparece de maneira brusca desligando o brinquedo e interrompendo a brincadeira da criança. Na publicação, vários comentários apontam que a atitude do homem que desligou o brinquedo é racista. Já outros internautas defendem o ponto de vista que o funcionário da loja teria sido apenas insensível.

Confira a situação que gerou toda a polêmica:

O vídeo tem uma duração rápida, de apenas oito segundos. A postagem foi realizada na internet pela avó da garotinha que usou o seu perfil pessoal para fazer o compartilhamento. Na legenda, a avó escreveu apenas: “Então .. é Natal?!?? Que doideira!! Acontece em Pouso Alegre…”. As imagens repercutiram na internet e virou alvo de grande discussão.

Alguns internautas defendem que, se a criança fosse branca, a atitude do homem provavelmente teria sido diferente. Tem aquelas pessoas que acreditam que o atendente teria apenas sido grosseiro e não racista. Com tanta repercussão na mídia, a loja veio a público e se manifestou sobre o caso.

Através da rede social, a empresa lamentou o acontecido e pediu desculpas. Na manhã de domingo (2), a página da loja no Facebook estava aparecendo como indisponível na internet.

De acordo com a nota que foi divulgada pela empresa, o Papai Noel musical teria sido desligado devido ao forte barulho que estava causando e o funcionário teria agido bruscamente por falta de experiência.

Atendente interrompe dança de menina negra com Papai Noel e é acusado de racismo; vídeo
Gostou desse artigo?

Recomendados Para Você: