Adolescente usa 13º salário para realizar pedidos de Natal de crianças carentes

Maria Eduarda, 16 anos, decidiu usar a primeira parcela do seu 13º salário para realizar pedidos de Natal de duas crianças carentes.

A estudante do 2º ano do ensino médio mora no município de Caldas Novas, Goiás. Duda está no seu primeiro emprego, como jovem aprendiz, no grupo AVIVA. A empresa fica em Rio Quente, a 29 km de Caldas Novas.

Como começou a trabalhar há apenas três meses, Duda ficou feliz ao saber que receberia o 13º salário, proporcional ao tempo de trabalho na empresa. A mãe da adolescente, Andrea Feitosa, achava que o dinheiro tinha um destino certo.

 

A primeira parcela do 13º salário de Duda é exatamente o mesmo valor de uma bota que ela ‘namorava’ há algum tempo. Andrea imaginava que Duda fosse comprar a tão sonhada bota, mas foi surpreendida na troca de mensagens com a filha.

Duda disse que usaria o dinheiro para realizar pedidos de natal de duas crianças carentes, através da campanha ‘Papai Noel dos Correios’: “[…] fui no correios e peguei 2 cartas para ajudar no natal. Então vou dar prioridade a isso”💖

 

Andrea contou que a decisão de Duda a deixou bastante orgulhosa, pois sempre buscou passar para os dois filhos – além de Duda, ela é mãe do Gabriel, 10 anos – valores como o amor ao próximo.

“É muito importante saber que meus filhos carregam isso com eles. A Duda é muito generosa, uma pessoa iluminada, dedicada e responsável em tudo o que faz.”

 

As duas cartas que Duda adotou são de Caldas Novas: de uma menina e de um menino. As crianças pedem materiais escolares e uma delas também deseja ganhar uma cesta básica. A unidade dos Correios onde Duda adotou as cartas entregará os presentes na próxima semana.

Adolescente usa 13º salário para realizar pedidos de Natal de crianças carentes
Gostou desse artigo?

Recomendados Para Você: